Autores Maranhenses e Paraenses
A criatividade fala mais alto: valorização & divulgação das duas regiões
   Escritores Maranhenses e Paraenses      Escritores paraenses
Publicado 03/2016 















Escritores paraenses, aqui desfilarão os que se destacam dos outros, por algum motivo, algo de uma pureza tão singela que é quase impossível apontar a diferença com precisão. A escrita de cada um ficará encarregada de aguçar os pontos louváveis, aos olhos dos que sabem admirar e valorizar um excelente texto literário.

O SITE AUTORES MARANHENSES E PARAENSES terá a árdua missão de em tese representar o principal papel das editoras de todos os autores, que é promover os escritores e suas obras. Somos o que somos: o meio de promoção do autor.  A triangulação do contato direto entre a divulgação, promoção, o escritor e a sua escrita que deixará que vivenciem o seu humor e inteligência nas palavras duras e merecidas em assuntos diversos do dia a dia sem fraquejar por qualquer motivo que seja.


Com o mesmo entusiasmo O SITE AUTORES MARANHENSES E PARAENSES puxará para si o dever de divulgar e não deixar cair no esquecimento às obras dos escritores que cumpriram com suas missões de escrever romances belos e maravilhosos, e poesias lindas e encantadoras para aqueles que os admiravam e os liam extasiados os conteúdo de suas escritas, mas mesmo sabendo que deixariam seus leitores saudosos, em um determinado momento de suas vidas foram sem querer abraçados pela morte, e partiram. Partiram para sempre



Raimundo Alonso Pinheiro Rocha nasceu em Belém em 15 de dezembro de 1926 e morreu em 23 de fevereiro de 2010, filho do poeta Rocha Júnior e Adalgiza Guimarães Pinheiro Rocha. Foi casado com Rita Ferreira Rocha e pai de cinco filhos: os médicos Sérgio Alonso ... 

Leia mais >>> >>>


O escritor EDVAN DOS SANTOS BRANDÃO escreve os seus livros exclusivamente na linha da ficção, esta é a praia dele, mas ele se deixou levar e envolver-se pelo sentimento mais marcante no peito do paraense, que é: o círio! E resolveu homenagear sua terra... 

Leia mais >>> >>>


Max Martins  nasceu em Santa Maria de Belém do Grão Pará em 1926. A partir de 1934, fez estudos nas áreas de Poesia, Artes, Literatura e Filosofia, nunca abandonando a formação autodidata... 

Leia mais >>> >>>


Roberto Monteiro de Carvalho iniciou a sua trajetória de reconhecimento como escritor em agosto de 2004 quando foi convidado e aceitou o convite para se tornar candidato à cadeira de nº. 34 da Academia Paraense de Letras... ...

Por Paulo Maués Corrêa

À MEMÓRIA DO PROFESSOR VICENTE SALLES

Uma das coisas mais fantásticas que a vida pode proporcionar é a chance de você agradecer ou retribuir o bem que as pessoas fazem para você.

Atualmente, tenho refletido bastante em relação a isso e gostaria de partilhar essas reflexões e falar de pessoas que me fizeram o bem, em alguns casos, sem sequer ... ...


Helenice Aparecida Carvalho Silva

Toda história está para a memória... de memória em memória, temos muitas histórias. Para contar, é só começar! Quero iniciar este momento traduzindo o que tudo isso significa para mim. A proposta é escrever um livro de memórias sobre meu pai. É claro que serão revelados os fatos sobre tudo o que vivenciei como filha, em meus tempos de menina e de jovem, a partir do que fui ensinada, orientada, e no que foi percebido na convivência de toda uma vida. Juntando e misturando esse emaranhado de coisas... ...