Autores Maranhenses e Paraenses
A criatividade fala mais alto: valorização & divulgação das duas regiões
   Escritores Maranhenses e Paraenses      Burburinho Perene Lançamento xx feira Pan-Amazônica do livro
 Maio de 2016

 

 

 

 

 



 

BURBURINHO PERENE lançamento do romance mais recente escrito por EDVAN BRANDÃO

 

Obrigado aos meus queridos amigos e amigas que compareceram ao lançamento do romance BURBURINHO PERENE na feira do livro, em um pleno domingo final de feriado longo 3 horas da tarde, foi um sacrifício, eu reconheço, mas mesmo assim um obrigado gigantesco!

 

BURBURINHO PERENE é tanta coisa boa, é tão emocionante, é vida pululando em meio da história romântica da época da ditadura do Brasil, em que uma juventude universitária vivia a época e não se apercebia o quanto a vida dos bastidores da universidade estava impregnada com suas próprias vidas.

 

BURBURINHO PERENE é uma história de amor maravilhosa e é nela que o autor Edvan Brandão reafirma a sua imaginação surpreendente, quando conta com cuidado milimétrico uma paixão avassaladora entre um casal de jovens, que viveram dentro e fora da universidade com os terrores da ditadura. Ela, agente secreto do sistema de governo ditatorial, preparada para procurar, encontrar e matar terroristas e comunistas. Ele, envolvido por influências dos amigos se deixou levar até o recrutamento e o treinamento (praticados descaradamente pelos padres comunistas), para aderir ao comunismo; e sem querer transformou-se em uma futura vítima da mulher amada.

 

BURBURINHO PERENE é a história escancarada do exato momento em que a DITADURA MILITAR ocorreu, no ponto crucial, no nascedouro da rebelião: os poderosos reunidos com outros poderosos justificando os seus medos de perderem o poder, associado com o receio indomável da possibilidade de que o Presidente sabidamente comunista pudesse entregar ou facilitar aos comunistas a invasão da Nação Brasileira. Considerando que o discurso do presidente em questão era genuinamente comunista, voltado para o encorajamento do comunismo que adentrava no país em determinada áreas empresariais paulatinamente.

Burburinho Perene adentra no mundo dos universitários, local em que os ditadores fizeram e desfizeram o que bem entenderam. Naquela época as instituições de ensinos superiores eram um ambiente cheio de emoção, privação e delação.

 

BURBURINHO PERENE também chega próximo do bem e do mal, que a prostituição causa para a sociedade hipócrita, que insiste em não olhar da maneira correta para o comércio do sexo que é praticado desregradamente em todas as ruas e esquinas por onde ela passa. A cegueira da hipocrisia transforma as crianças e os adolescentes nos maiores prejudicados diante dos crimes de pedofilia. E por extensão, as meninas são violentadas e passam a conviver com a gravidez indesejada.