Autores Maranhenses e Paraenses
A criatividade fala mais alto: valorização & divulgação das duas regiões
   Escritores Maranhenses e Paraenses      Absurdo do absurdo: Felipão treinador lambe-botas
 Atualizado quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

   ABSURDO DO ABSURDO: Felipão treinador lambe-botas

COMENTAR É PRECISO


O lula técnico de futebol, sim ele também é um dos entre os cento e setenta milhões de técnicos apaixonados pela seleção de futebol do Brasil, país que coincidentemente ele é o Presidente! Todo e qualquer cidadão goza do direito amplo e total de opinar quando a seleção canarinho joga um belíssimo futebol ou quando o time inteiro, sem exceção, apresenta-se apático poupando-se para jogar o futebol de garra, consciente da responsabilidade de marcar gol para vencer somente lá nos seus clubes europeus onde eles ganham milhões de dólares!


Atualmente os jogadores milionários que jogam lá fora, estão com uma nova visão depositada dentro de suas cabeças vazias que eles usaram apenas para aprender jogar; e no presente eles as ocupam com a difícil tarefa de admirar o que os ídolos deles falam para o mundo com a maior das irresponsabilidades. Para jogador de futebol só é certo e inteligente o que os treinadores dos grandes times europeus afirmam como sendo a maior das verdades no mundo deles! Mas o que eles não sabem ou não se esforçaram para entender, foi que o técnico que desfruta de suas admirações: o Felipão! Ele não falou a verdade quando disse “Ganhar o título europeu é mais importante do que ganhar a copa do mundo pelo Brasil!” Ele apenas demonstrou para os que estão do lado de lá; e principalmente para os brasileiros, que ele é um bajulador, sem caráter e um homem desprovido de sentimento patriótico! Um típico caso de cusparada no prato que comeu! Esqueçam o que o Bajulador falou! Ele só queria ser contratado pelo atual time que está treinando! Ele nem mesmo suspeitou que a declaração irrefletida que deu, causaria a queda da Seleção Brasileira na classificação mundial da FIFA! Mas causou, ele foi o culpado! A FIFA quando ouviu o próprio ganhador dizer que o campeonato mundial não vale nada, apressou-se em modificar o parâmetro com que era avaliada a importância das seleções campeãs.


Mas se alguém falou mentira, foi o treinador lambe-botas! O lula falou a maior das verdades, o time apresentou-se exatamente com o formato que o Presidente detalhou, ele não esqueceu nada, discorreu sobre tudo!


O modo como o grande estadista se expressou foi tão contundente que ele deixou a equipe inteira, ou seja, os que não jogaram nada, sem voz! O goleiro frangueiro com nome de Imperador Romano ficou empolgado por alguns minutos acreditando que poderia ser descortês com o Presidente da República, famoso por ser bom no que ele faz. Democrata dos bons, vítima da oposição e do Macaco Simão. Mas o engolidor de frangos não deveria ter contestado os comentários fundamentados feitos pelo torcedor mais importante da seleção, que em dias de jogos o faz sorrir ou chorar. Até porque o Júlio César já vivenciou descuido idêntico ao Presidente, quando assistiu ao jogo do Brasil e ficou de olho no jogador da Argentina. O Goleiro ia para o campo jogar bola e ficava de olho na mulher do Ronaldinho, na expectativa azarando a companheira do companheiro o tempo todo, até o dia em que o craque não quis mais a azarada que estava só o caco! O defensor da grande área, o Azarão baixou na abandonada e não largou nunca mais!


Quem merece a mais severa das repreensões? O comandante do gol ou o comandante da nação? A caneta do que governa é poderosa demais, derruba os que escutam num piscar de olhos! Para derrubar os que não jogam e os que não sabem treinar, a agilidade é maior!


Toma cuidado Arqueiro Valentão!

 

Autor:

EDVAN BRANDÃO

Licenciatura Plena em Língua Portuguesa;

Professor de: Português, Literatura e Redação;

Jornalista e Escritor Ficcionista;

E-mail: edvan.brandao@gmail.com

           edvan_brandao@hotmail.com

Cel: 91 98360 – 1718 

Escrito na sexta-feira 24 de julho de 2009